domingo, 22 de agosto de 2010

EndSummer Notes

Ouço Fleet Foxes, Bandit, Broken Bells, the Black Keys e , por alguma razão não me calo com a memories do david guetta.

Vi o "The Game" do David Fincher e percebi que a minha ideia não era assim tão original.

Vejo Firefly e Lie to Me.

Ando a namorar a Alesis dm10, um MacBook Pro, um Nokia N8 e uma Playstation3. adoro o capitalismo.

Ando a cantarolar isto feito parvo:
Take my love, take my land, take me where I cannot stand.
I don't care, I'm still free, you can't take the sky from me.
Take me out to the black, tell'em I aint coming back.
Burn the land, boil the sea, you can't take the sky from me.
There's no place I rather be than where I found serenity.
You can't take the sky from me.

Os Impecáveis #2

Indivíduos maravilhosamente perfeitos e cujo autorismo vale enorme e indubitável suporte

Edição no. 2

Grant Morisson & Thomas Pridgen

Vamos por partes. O primeiro é escocês de raiz mas é em Gotham que mostra o seu ofício. Actual argumentista da banda desenhada de "Batman" na DC Comics, levou o título a novos horizontes criando as melhores arcs que o Caped Crusader viu nos últimos tempos. Autor de titulos como "Batman R.I.P", "Final Crisis" e "Batman: The Return Of Bruce Wayne".

O segundo é Baterista. Com B grande. Ou D se preferirem o inglês. Aos 9 anos ganhou um concurso estadual. Aos 10 já era patrocinado pela Zildjian (o mais novo patrocínio em 400 anos da marca). Aos 15 recebeu uma bolsa para o Berklee College of Music. Aos 22 entrou nos The Mars Volta da seguinte maneira:

“We talked on the phone for a couple of hours, and then I went to Ohio to meet them. Omar invited me to a back room, where the whole band was set up. We jammed for a good thirty minutes. He then said, ‘We’re going to play that groove tonight in front of everybody.’ This was for a huge show in Cleveland, when the band was touring with the Red Hot Chili Peppers."

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Os Impecáveis

Indivíduos maravilhosamente perfeitos e cujo autorismo vale enorme e indubitável suporte

Edição no.1
Christopher Nolan

Cineasta Londrino autor de filmes como Memento, Insomnia, Batman Begins, The Prestige, The Dark Knight e Inception. Os filmes dele fazem-me guinchar como uma groupie dos Beatles nos anos 60. Complexo e alienante. Melhores plot twists alguma vez feitos por um ser humano. Enredos intelectualmente distintos que obrigam a mais que uma visualização. Anti-popcornmovie. Fez todos os filmes que eu gostaria de ter feito. Tem o toque de Midas em películas de 35 mm.

(intervalo para vénias e aplausos)

Para a semana há mais uma edição desta nova rubrica d'Os Impecáveis.
deixem sugestões se quiserem.


MidSummer References

Lupe Fiasco's Shining Down
Mais uma lufada de ar fresco do único homem que ainda carrega o rap de cabeça erguida.

How to Make it in New York City
Dos criadores de "Entourage", 'nuff said.

Neo.Indie.Gekk-ismo
Usar o meu pólo do Paul Smith enquanto toco bateria e penso no quanto sinto falta de jogar Pokémon.

"Like Dick Dastardly always said, don't just stand there, do something!"

Atheism is a non-prophet institution


Alive

Já não punha os pés neste cabo do mundo há meses. A quem der jeito saber:



Parti uma grande semana no Alive. Para mais pormenores contactar o próprio.

PS: O baterista dos Relentless7 é o rei. Mas o Vila é melhor.

sábado, 26 de junho de 2010

Vicios & Manifestos

Só sei escrever à saramago!

tenho o vício de estalar ossos, dedos costas e pescoço, de cruzar as pernas, de perder a circulação nas pernas e ter formigueiros nos pés, de não usar sapatilhas em casa e ás vezes, quando me quero sentir hobbit nem meias uso. tenho o vício ora de pensar demasiado ora de não pensar que chegue, de procurar as minhas próprias falhas nos outros, de ser hipócrita, super-protector, egoísta e insensível. sou uma besta social e é curioso pensar a diferença entre isso e um animal social ainda que besta seja parecido com animal. tenho o vício de criticar, de ofender a doer porque me faz esquecer que se podem virar contra mim, de querer perceber as pessoas, de querer ser surpreendido, de olhar olhos nos olhos e sentir a íris a perscrutar-me a mente, pois sei que nunca chegam lá. nunca chegam. gosto de ser o underdog e de sair sempre por cima, de medir forças e de dar asas ao ego, de ser contestado e de que me insultem. o que eu adoro que me insultem. é deixar vir a maré e dá sempre bom resultado. tenho o vício de não dormir a horas certas, de ser um overachiever, de ter fama de inteligente quando na verdade sou esperto, de fazer pouco barulho seguido de muito barulho que a diferença esta na discrepância, de incomodar, de fazer vozes esquisitas e olhares de esguelha, de ter catchphrases e minions, de comer pasta de atum com maionese, chocapic e hagen-danz de chocolate belga.
gosto de saber o que mais ninguém sabe e fazer-me de desentendido, de parvo e de incompetente.
Sou um génio do mal e um dia controlarei o mundo.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Um mês fora de casa

avé o retorno

Pensamentos suspensos:
- Exames são uma maneira parva de nos fazer aproveitar o Verão for all the wrong reasons. É tipo os nazis dizerem aos judeus que iam apreciar mais a liberdade depois de uma época nos campos de concentração (posso fazer piadas do holocausto porque sou de ascendência judaica - leh lehizdayen).

- Delírios febris são épicos. Arranjei uma ligação entre a Mensagem e o The Dark Knight e durante meio segundo pensei que tinha fundado um filosofia de vida. No segundo seguinte espetei a lapiseira porque me pareceu a atitude correcta. Note to others: não estudar ao sol.

- Gosto de desenhar depois da meia noite e de passar 1 semana a dormir 5 horas por dia à la Marcelo Rebelo de Sousa.

- Saramago jaz morto e apodrece, vá o corpo são que a mente grata não o esquece.


- Two Door Cinema Club, Biffy Clyro, Al Jarreau, Broken Bells, Spoon, Ornatos e eu a tocar bateria.

- O 1.2 do exame de Matemática é a indúbita e irrefutável prova que eu sou um génio heroico-byronico.

- "Parecendo que não, violar alguém não é fácil." - Rui Botto

- Conheci na mesma semana duas miúdas giras que gostam de BD, ou seja, devem-me amputar uma perna para a semana.

- Fiz as contas e à custa do utorrent poupo em media 1200 euros por mês.

- Estou a pensar roubar um banco. Quem se oferece para me ajudar?

- Decidi comprar roupa decente indie e deixar-me de t-shirts com piadas de star wars. Arranjei um pólo azul da Paul Smith com uma zebra colorida Lacoste style. Improvement?


- Sai do colégio após 12 anos. Dizem-me que foi a minha 2º casa, discordo. Foi mesmo a 1º.

- Quem não tem $ para voltar a jogar Magic:The Gathering planeia baralhos que nunca vai ter.

- 97.6% de todas as miúdas que me vêem de fato e gravata querem dormir comigo. True story.


- Tenho uma centopeia no quarto e estou a fazer uma directa porque não a encontro.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Nerd Pride Day

Bem, como muitos de vocês não sabem, ontem foi dia 25 de Maio a.k.a "Nerd Pride Day", o dia no qual geeks, nerds e cromos de todo o mundo se unem e agem como tal.

Para celebrar este acontecimento deixo-vos um teste para vocês "get ur geek on"/eu verificar quem vai continuar a ser meu amigo. Quem tiver isto tudo certo recebe um prémio mesmo fixe (for real!).

1 - De que planeta veio o Chewbacca?

2 - Qual é o objecto mais prático do universo para um Hitchicker?

3 - Quem foi o baixista dos Weather Report?

4 - Qual o nome do Balrog de Moria?

5 - Nomes dos 3 motoratos de Marte?

6 - O que é que o Marlon Brando tinha na boca nos dialogos n' O Padrinho?


Trick Question* - quantos amigos vou ter no final deste post?


Impress me!

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Mid-Spring Conclusions

Gosto do meu Mac, da sua peça única em alumínio, da velocidade de utorrent dele, do facto de ser brilhante, gosto do meu disco externo wireless, dos ficheiros .crt, da minha estante de filmes e da minha prateleira de livros, gosto do meu iPod, dos meus senheiser cx300, de ir no banco de trás e de ouvir a in the back seat dos Arcade Fire, gosto do blog do pi e do da mariana, e da internet em geral porque funciona, gosto de salgueiros ao vento e de ter o vento contra a cara, de gastar moedas porque sei que essas não acabam, de escrever como o saramago, daquela poltrona do James Eames em pau-santo, do Don Draper, do Gene Kelly, do Frank Sinatra e do Frank Lucas, do Peter Zumthor e da arquitectura de ângulos rectos e paredes enormes, de prados em esmeralda e do orvalho a escorrer pelas lâminas de relva, gosto do bulbasaur e do rhyorn, de combater colossos e de chamar o Agros em plenos pulmões, gosto de expirar vapor em manhãs de nevoeiro, de ter frio e depois calor, de acabar as frases dos outros e de ser o herói, o anti.herói e o vilão, de leite achocolatado da mimosa e da vigor, de desmarcar coisas, do metro do porto, de molho de soja e de olhar para o chão.

Gosto da vida e isso ninguém me tira.

domingo, 11 de abril de 2010

The Uncanny Pick #3

Bolonha foi impecável, etcetera e tal, de volta a Portugal.

Fica uma pick of the week na qual eu fui privado de música nova e, portanto, ou reciclei a que já tinha, ou fui apanhando alguma dos iPod's alheios.





2 - Cults - The Curse


A gente vê-se por aí.

sábado, 3 de abril de 2010